segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

FERNADO ASSIS PACHECO

Fernando Assis Pacheco foi jornalista, poeta, escritor. Nasceu em Coimbra a 1 de fevereiro de 1937 e faleceu em Lisboa, à saída da livraria Buchholz, em 1995.
Foi lançado no dia 1 de fevereiro um livro que reúne as suas crónicas radiofónicas, emitidas pela RDP, entre 1977 e 1978, e que se intitula: Tenho 5 minutos para contar uma história. Dessas crónicas ressalta essa rara habilidade de pegar em ocorrências banais e quase insignificantes, muitas delas passadas consigo, e fazer matéria de encantamento para os leitores. Quem teve a sorte de ouvir Crónica da manhã, da autoria de Fernando Assis Pacheco, que passava aos domingos de manhã, na RDP, é testemunha desses minutos maravilhosos que nos eram oferecidos por aquela sua voz, límpida, doce, dizendo palavras muito bem articuladas e embaladas em entoações inesquecíveis.
No caso do futebol dos botões, vemo-lo, a ele, e aos seus amigos daquela idade, a organizar um jogo de futebol: eram 11 jogadores de cada lado, mais um que era o calibrador. Em cada linha do campo, que neste caso era o tampo, bem delimitado, da mesa da sala de jantar da casa de um deles, os botões tinham de obedecer a um código de calibragem rigoroso, medido ao milímetro. No caso de não os haver à medida, teriam de ser limados, ajustando-os aos diâmetros e às espessuras estabelecidas para cada linha do jogo. Se eram do ataque, ou avançados, teriam de ser os mais pequenos e ágeis; os da  linha  média tinham outras espessuras  e diâmetros, assim como os da defesa. E quando o Fernando participava no jogo, como é que fazia para arranjar os botões? Pois os botões fazem falta à roupa que deles precisa.
Seria maravilhoso se a RDP disponibilizasse ao público as sessões áudio de Fernando Assis Pacheco.  Mesmo assim vale a pena aceder aos endereços seguintes:
http://www.rtp.pt/antena1/os-dias-da-radio/fernando-assis-pacheco-_9558
http://visao.sapo.pt/actualidade/cultura/2017-01-25-A-voz-de-Fernando-Assis-Pacheco