quinta-feira, 31 de maio de 2012

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Reis e Rainhas - O milagre das rosas

Vale a pena ver! Fotografias que ilustram os momentos inesquecíveis que os Jardins de Infância de Enxames, Capinha, Peroviseu e Fatela nos proporcionaram em maio, no anfiteatro do complexo escolar a propósito do projeto "Reis e Rainhas - o milagre das rosas", que desenvolveram ao longo do ano.

"A CIDADE DOS CÃES"

Ilustrações da parte preferida da história de Luísa Ducla Soares "A cidade dos cães". Trabalhos da autoria dos alunos do 4º ano da Escola EB1 de Sta. Teresinha.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

HABITAÇÃO TRADICIONAL EM CONTEXTO DE SUSTENTABILIDADE

O Projeto "Habitação Tradicional em contexto de Sustentabilidade", proposto pelo grupo de Ciências Físico-Químicas e com a parceria do Departamento de Engenharia Eletromecânica da Universidade da Beira Interior e do Departamento de Matemática e Ciências Experimentais da Escola Secundária Quinta das Palmeiras da Covilhã, foi selecionado na 1ª fase do Concurso Fundação Ilídio Pinho – Projeto “Ciência na Escola”. A Educação Ambiental nas escolas é fundamental para transmitir às crianças e jovens, conhecimentos e valores sobre o meio ambiente, no sentido de ajudar à sua proteção, preservação e utilização sustentável dos seus recursos. Este é um dos principais objetivos do Projeto e que é desenvolvido através da construção de casas de habitação local (típica casa Beirã) e tradicional, energeticamente mais eficientes. São exploradas as fontes de energia renováveis (como o vento e o sol), na perspectiva da iluminação e aquecimento, bem como os recursos materiais locais. Numa didática da interdisciplinaridade, os alunos abordam questões teóricas do domínio da Físico-Química, Geografia e História bem como de EVT, TIC e Educação Tecnológica aquando da construção das habitações. O desenvolvimento do Projeto tem envolvido várias atividades, das quais se destacam: - O workshop na Universidade da Beira Interior da Covilhã - Departamento de Engenharia Eletromecânica da Universidade da Beira Interior; - A partilha de conhecimentos com a Escola Quinta das Palmeiras da Covilhã (Escola Parceira no Projeto) que tem decorrido através de sessões de trabalho com instalação de painéis solares nas casas já construídas. Finalmente o Projeto termina a 23 de maio do corrente ano com a apresentação das “casas-projeto”, onde um Júri irá fazer a atribuição da “HABITAÇÃO TRADICIONAL MAIS SUSTENTÁVEL”.

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Rubrica "A PÁGINAS TANTAS"

Hoje vamos divulgar um dos muitos e belos livros do escritor moçambicano Mia Couto: Raiz de orvalho e outros poemas. Porém, antes, gostaríamos de referir que este escritor, de nacionalidade moçambicana, mas filho de portugueses, foi recentemente galardoado com o prémio Eduardo Lourenço, atribuído pelo Centro de Estudos Ibéricos. Raiz de orvalho e outros poemas é uma obra dotada de imensa beleza, onde as raízes africanas ressaltam, não só através dos temas, como ainda da linguagem peculiar característica de Mia Couto. Percorrendo as folhas do livro, o nosso olhar recai neste e no outro e ainda no outro poema, tornando a nossa missão de escolher um, apenas, bem difícil. Por este motivo, decidimos que vos presentearíamos com o poema “Identidade”, o primeiro do livro, escrito em 1977. "Preciso ser um outro para ser eu mesmo Sou grão de rocha Sou o vento que a desgasta Sou pólen sem insecto Sou areia sustentando o sexo das árvores Existo onde me desconheço aguardando pelo meu passado ansiando a esperança do futuro No mundo que combato morro no mundo por que luto nasço" Muito belo, não acha? Já sabe, Mia Couto é um nome a reter. Raiz de orvalho e outros poemas é o meu conselho desta semana, eu, que sou a Margarida Ferreira.